Fale Conosco

Deixe sua Mensagem

Contabilidade para dentista autônomo: saiba como pagar menos impostos!

Contabilidade Para Dentista Autônomo Saiba Como Pagar Menos Impostos - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados - Contabilidade para dentista autônomo: saiba como pagar menos impostos!

Além da qualidade na prestação de serviços, um bom planejamento tributário pode ser crucial para que seu consultório odontológico obtenha assim, sucesso no mercado. Afinal, pagando menos impostos, sobra mais capital para reinvestir no negócio. 

Para a atividade de odontologia você pode constituir uma pessoa jurídica ou trabalhar então, como pessoa física. Se você optou por trabalhar sozinho, como dentista autônomo, a contabilidade pode te ajudar reduzir o valor dos impostos. 

Veja a seguir como funciona a contabilidade para dentistas autônomos.

Tributação para dentistas autônomos

Uma das responsabilidades da contabilidade para dentista autônomo é a gestão tributária. Desse modo, a tributação é feita através do Imposto de Renda de Pessoa Física. As alíquotas estão previstas na Tabela Progressiva, que atualmente é a seguinte:

Base de cálculo (R$)Alíquota (%)Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até 1.903,98isentoisento
De 1.903,99 até 2.826,657,5%R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,0515%R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,6822,5%R$ 636,13
Acima de 4.664,6827,5%R$ 869,36

Isso quer dizer então, que, se os rendimentos auferidos pela pessoa física ultrapassarem o valor de R$ 1903,99 estarão sujeitos assim, ao recolhimento do imposto de renda. 

A contabilidade para dentista autônomo mensal é feita através da escrituração no Livro Caixa, onde são registradas todas as receitas e despesas em ordem cronológica, apurando-se desse modo, o lucro a ser tributado (receitas menos despesas). 

Não é necessário o registro do livro, mas ele deve ser mantido à disposição para o caso de fiscalização, juntamente com a documentação que comprove desse modo, os lançamentos efetuados. 

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados

O Livro Caixa e o Carnê Leão

O Livro Caixa pode ser feito manualmente, através de programas próprios ou adquiridos, ou através do programa do Carnê Leão disponibilizado assim, pela Receita Federal em seu portal. 

O Regulamento do Imposto de Renda prevê a obrigatoriedade de recolhimento mensal referente aos valores recebidos de outras pessoas físicas e do exterior. Esse recolhimento é feito através de um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), emitido pelo programa do Carnê Leão. 

Dessa forma, utilizando-se o programa da Receita para essa escrituração, os valores podem ser importados então, para a Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, sem necessidade de redigitação. 

Essa declaração deve ser entregue até o dia 30 de abril de cada ano subsequente, e nela é feito assim, o ajuste anual, onde será apurado se os recolhimentos mensais totalizaram um valor maior ou menor, que o devido no ano, sendo passível de restituição ou recolhimento complementar. Tudo isso é realizado pela contabilidade para dentista autônomo. 

Outros pontos importantes

Além da tributação do imposto de renda demonstrada acima, o dentista também deve procurar a prefeitura e se cadastrar como profissional autônomo, devendo ter seus impostos recolhidos de acordo com as normas de seu município, o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza). 

É necessário também estar atento às exigências da vigilância sanitária, mantendo sempre o Alvará de Autorização Sanitária regular e dentro do prazo de validade. 

Como a contabilidade para dentista autônomo pode te ajudar

É fundamental ter a orientação de um contador para verificar quais despesas podem ser deduzidas para cálculo do imposto de renda, evitando que mais impostos do que realmente são devidos, ou que seja deduzida alguma despesa indevidamente, podendo acarretar na aplicação de sanções pelo fisco. 

Além disso, o controle e apuração devem ser feitos mensalmente, evitando o pagamento de juros no momento da entrega da declaração anual.  

Uma boa contabilidade para dentista autônomo pode te ajudar não só a pagar menos impostos, mantendo a escrituração em dia e de forma a realizar as deduções cabíveis, como manter os registros em dia para que seja possível conhecer melhor a saúde financeira dos negócios, ajudando na tomada de decisões. 

Precisa contratar contabilidade para dentista autônomo? Fale conosco!

Será um grande prazer poder ajudar!  

Compartilhe nas redes!

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Recomendado só para você!
Para manter um hospital funcionando adequadamente, atendendo bem os seus…