Fale Conosco

Deixe sua Mensagem

Como abrir sociedade unipessoal de advocacia no melhor regime de tributação?

Como Abrir Uma Sociedade Unipessoal De Advocacia No Melhor Regime De Tributacao Post - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon & Prosper Associados - Como abrir sociedade unipessoal de advocacia no melhor regime de tributação?

Deseja exercer sua atividade como o único responsável pelo seu escritório? Uma Sociedade Unipessoal de Advocacia é a solução.

O sonho de muitos advogados é poder exercer a sua profissão como verdadeiro responsável pelas suas decisões e pelo seu sucesso. Afinal, os grandes nomes da área do Direito possuem grandes responsabilidades, proporcionais ao seu sucesso.

E quem disse ou acha que abrir um escritório de advocacia é pior do que atuar como advogado autônomo está completamente enganado, sabia disso?

Pois é! Vamos te falar algumas verdades sobre esse assunto, combinado?

A verdade é esta!

É verdade que parece que todo advogado, agora, quer abrir uma sociedade unipessoal de advocacia, e sabe por que isso?

Porque além de poder atuar com um escritório de advocacia sem precisar de sócios, ainda existem muitos benefícios, que envolvem também a redução de impostos, do que quando comparado a um advogado pessoa física!

Por isso, como o tema tem sido muito recorrente, e estamos sempre recebendo muitos advogados interessados em abrir sociedade unipessoal de advocacia, vamos ver agora qual é o melhor regime de tributação para advogados?

Redução tributária para ADVOGADOS!

Simples Nacional para Advogados

Na sociedade unipessoal de advogados, no regime tributário do Simples Nacional, por exemplo, dependendo das alíquotas da tabela desse regime tributário, seu escritório de contabilidade pode economizar muito.

De acordo com o anexo IV, da Lei prevista 123/06, é possível pagar uma alíquota única sobre o faturamento, de forma que todos os tributos fiquem reunidos em um só lugar!

O legal desse tipo de regime, por exemplo, é que a alíquota só vai subir se o faturamento do seu escritório crescer, entendeu? Portanto, caso seja feito um planejamento tributário para advogados, na missão de reduzir os custos e tributos através das menores alíquotas, e que pode ser realizado de maneira muito proveitosa, seu escritório pode economizar muito mais, com inteligência.

Na maioria dos casos, o Simples Nacional é o mais indicado – vale salientar aqui, que tudo vai depender também do faturamento do seu escritório de advocacia, para que realmente seja analisado o melhor tipo de regime para você.

Então, o Simples Nacional tem sido muito utilizado na sociedade unipessoal de advocacia, já que reúne os recolhimentos de forma bem simplificada e, muitas vezes, consegue reduzir em até 75% da carga tributária, quando comparado ao modelo de atuação como advogado autônomo.

Mas é possível escolher outro tipo de regime?

Com certeza!

Existe também o Lucro Presumido e o Lucro Real, que podem ser utilizados, muito embora, somente o contador especializado em escritório de advocacia e nos ramos do Direito é que poderá dizer certamente qual o melhor, em cada caso.

Contudo, em ambos os casos – Lucro Real e Presumido – a tributação é realizada de acordo com algumas situações.

Sendo assim, nesses casos é bom mesmo saber o faturamento do escritório de advocacia, e ponderar sobre como o regime escolhido poderá ser o mais indicado para quem deseja pagar menos imposto!

Portanto, venha conversar com nossa equipe de contadores especializados em escritórios de advocacia e comece bem, ou até mesmo, se já atua como pessoa jurídica, tenha melhores desempenhos, pois no final das contas, cada centavo economizado conta, concorda?

Como abrir sociedade unipessoal de advocacia no melhor regime de tributação?
5 (100%) 1 vote[s]

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
1
Olá, Gostaria de falar com um especialista ??
Powered by
Recomendado só para você!
É maravilhoso poder empreender, gerar excelentes resultados, ter uma carteira…