Fale Conosco

Deixe sua Mensagem

    Reserva financeira empresarial – Como precaver furos no orçamento

    74667872 441950236679969 6279464812086820864 N - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados - Reserva financeira empresarial – Como precaver furos no orçamento

    Não adianta planejar suas despesas se também não fizer uma boa reserva financeira empresarial. 

    Preste bastante atenção, já que esse é um assunto que muitos profissionais, como médicos e dentistas, deixam de lado na hora de organizar suas finanças. Mas, afinal, você sabe por que deve ter uma reserva financeira empresarial?

    O motivo é óbvio: ter um dinheiro guardado por segurança, que pode ser utilizado em situações de emergência. 

    Mas quais tipos de emergência? Emergências que coloquem seu escritório em risco. 

    Por isso, é importante que parte dos seus lucros sejam usados para montar uma reserva financeira: ela é de extrema importância para a sobrevivência do seu consultório. 

    Continue acompanhando o artigo por mais alguns poucos minutos para saber mais sobre essa reserva. Acompanhe!

    Por que é importante ter uma reserva financeira empresarial?

    Ter um dinheiro guardado para emergências é importante para que nada afete o funcionamento do seu consultório. Lembre-se que um dia sem atendimento é um dia sem rendimento.

    O exemplo mais clássico do uso da reserva de emergência é o do equipamento quebrado. Com uma reserva, você pode simplesmente comprar um novo à vista, e, por isso, ainda contará com melhores condições de negociar um desconto.

    Apesar deste exemplo ser o suficiente para explicar a importância da reserva financeira empresarial, ele não é o único para explicar como deve ser usado. Imagine, por exemplo, que você fique doente por algumas semanas.

    Mesmo que não possa atender, certamente seu consultório precisa ficar aberto para oferecer atendimento e até mesmo cancelar as consultas durante o período que está fora, certo?

    Ou seja, mesmo que não trabalhe, sua recepcionista certamente continuará a cumprir expediente. E seu salário precisa ser pago.

    Mas como pagar o salário se você não está fazendo consultas e, consequentemente, recebendo por elas?

    Se os recebimentos do mês não forem o suficiente, a reserva financeira empresarial é quem irá cuidar destes pagamentos, possibilitando que seu consultório continue aberto mesmo quando você estiver fora. 

    Entendeu porque ter uma quantia separada para emergências é importante? Então veja, abaixo, 3 passos importantes para montar sua reserva financeira empresarial!

    Confira Nossas Especialidades - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados

    3 passos para montar sua reserva

    1. Opere no azul

    Criar uma reserva financeira para seu negócio requer que sua empresa esteja operando no azul. Ou seja, é essencial que esteja lucrando, já que com prejuízo se torna impossível guardar dinheiro.

    2. Busque investimentos de liquidez diária

    Não vamos te indicar o percentual do seu lucro que deve guardar. Acreditamos que essa é uma decisão que muda de negócio para negócio e não existe uma fórmula pronta. Invista o quanto for possível do seu lucro.

    Porém, assegure-se de investir essa reserva financeira empresarial em investimentos de liquidez diária. Lembre-se que está guardando dinheiro para uma emergência, então colocar esse dinheiro em um investimento que só permite saques a partir de um ano ou mais, por exemplo, não faz sentido.

    3. Quando devo parar de guardar dinheiro na reserva?

    Mais uma vez, essa é uma questão que depende de diversos fatores. O valor mínimo que é indicado para ter guardado é o valor das suas despesas mensais multiplicadas por 3. Assim, você totalizará e garantirá 3 meses de operação, mesmo que não entre um centavo na sua conta.

    Outros já preferem um período maior, de 6 a 12 meses. Independente do seu perfil, acreditamos que 12 meses é o máximo que deve investir em uma reserva financeira empresarial.

    A partir daí, já pode usar o lucro para investir em outras áreas, como aquisição de novos equipamentos ou para abertura de uma nova filial, por exemplo. 

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe esse artigo em suas redes sociais e mostre a outros médicos e dentistas como melhorar a gestão do dinheiro de suas empresas!

    E para saber mais sobre como gerir as finanças do seu consultório, é só acompanhar outros conteúdos do nosso blog. Até a próxima!

    Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Fiscon & Prosper Associados.

    Contamos com uma vasta experiência no mercado, sempre prezando pela excelência na prestação de seus serviços e conquistando a satisfação e a confiança dos clientes.

    Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

    0 0 votes
    Article Rating
    Summary
    Reserva financeira empresarial-Como se precaver de furos no orçamento?
    Article Name
    Reserva financeira empresarial-Como se precaver de furos no orçamento?
    Description
    Não adianta planejar suas despesas se também não fizer uma boa reserva financeira empresarial. Preste bastante atenção, já que esse é um assunto que muitos profissionais, como médicos e dentistas, deixam de lado na hora de organizar suas finanças. Mas, afinal, você sabe por que deve ter uma reserva financeira empresarial? O motivo é óbvio: ter um dinheiro guardado por segurança, que pode ser utilizado em situações de emergência.
    Author
    Publisher Name
    Fiscon & Prosper
    Publisher Logo

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários

      Subscribe
      Notify of
      guest
      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments
      Recomendado só para você!
      Não é porque você tem um consultório pequeno e simples…