Fale Conosco

Deixe sua Mensagem

    Regularização do escritório de advocacia: entenda todo o processo agora!

    Se você quer montar seu escritório de advocacia e não sabe como fazer, leia esse artigo e resolva todos os seus problemas

    A Regularizacao De Um Escritorio De Advocacia E Fundamental Para Ter Um Escritorio De Sucesso Blog - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados - Regularização do escritório de advocacia: entenda todo o processo agora!

    4 Dicas de como fazer a regularização do seu escritório de advocacia

    Um profissional recém formado em advocacia começa a enfrentar vários desafios para iniciar a sua carreira.

    Isso porque ele tem a disponibilidade de vários cenários diferentes, que também exigem ações distintas. 

    Nesse sentido, os advogados que decidem abrir seu próprio escritório, se deparam com a necessidade de regularização.

    Considerando isso, vale ressaltar que tudo depende de um bom planejamento para que ocorra tudo bem. 

    Nesse planejamento estarão em evidência o valor de investimento, bem como as providências que irão ser tomadas de acordo com o tipo de escritório escolhido.

    Se você está entre esses advogados que pretendem dar um rumo a sua carreira, confira as nossas dicas de como regularizar o seu escritório de advocacia. 

    Vamos lá?

    O que é preciso para  fazer a regularização de um escritório de advocacia?

    Antes de explicarmos como fazer a regularização do seu escritório de advocacia, é necessário entender quais são as obrigações legais para isso.

    De forma geral, se você quer se tornar um titular de escritório jurídico ou até mesmo atuar como um contratado, é necessário que tenha sido aprovado no exame da ordem.

    Ou seja, você deve fazer a regularização pela OAB, de acordo com a Lei nº 6.339/ 1980. 

    Além disso, também é importante verificar se há outra empresa registrada com o nome que você escolheu.

    Os órgãos que você precisará recorrer serão:

    • INPI: para consultar o registro de Marcas e Patentes;
    • Junta Comercial ou cartório: visando registrar-se como empresário individual e adequamento como pessoa jurídica;
    • Secretaria da Receita Federal: para criar seu CNPJ;
    • Prefeitura Municipal;
    • Previdência Social: para cadastrar a empresa e os responsáveis legais;
    • Secretaria Estadual da Fazenda;
    • Caixa Econômica Federal: para cadastrar no sistema de conectividade social;
    • Corpo de bombeiros: para solicitar autorização de funcionamento;
    • Ordem dos Advogados do Brasil: por fim, registrar o seu contrato social da empresa juntamente com a OAB.

    Após passar por esses órgãos, cumprindo todos os requisitos, para regularizar o seu escritório de advocacia ainda será necessário seguir uma lei específica.

    Logo, você deverá recorrer à Lei Nº 8.906/ 1994, que se refere aos dispositivos constitucionais aplicáveis, regulamentando a profissão de advogado, entre outras considerações.

    Para saber mais, veja também:

    4 dicas Infalíveis para a regularização do seu escritório

    Agora que você já sabe quais órgãos recorrer para fazer a regularização do escritório de advocacia, vamos a algumas dicas estratégicas para que seu escritório já comece a dar um passo a mais na concorrência.

    1. Encontre a localização ideal 

    Um escritório de advocacia deve ter uma localização estratégica. 

    Uma ótima forma de escolher o lugar ideal, estudando o seu público-alvo. Muitos empresários optaram por criar uma persona baseada na idade, renda, potencial de compra, hobbies e demais características.

    Isso é bastante efetivo para atingir a clientela ideal.

    Outro ponto interessante é que você procure uma região de fácil acessibilidade.  

    Ou seja, com uma proximidade significativa a pontos comerciais como centro de alimentação, bancos e correio, entre outros. 

    Contabilidade Para Adicvpgados - Contabilidade em São Paulo - SP | Fiscon e Prosper Associados - Contabilidade para Advogados em São Paulo

    Por exemplo, se você é um advogado tributarista, uma dica é abrir seu escritório próximo ao prédio da Receita Federal ou outro órgão que atue com tributos.

    Caso seja criminalista, estar próximo a delegacias pode ser uma opção.

    Sendo especializado em Direito de Família, você poderá ficar próximo a varas que atuem nessa área.

    2.Estabeleça a sua área de atuação e pesquise o mercado

    Não é novidade para ninguém que o direito é um dos campos de atuação que mais engloba profissionais.

    Dessa forma, antes de regularizar o seu escritório de advocacia, estabeleça em qual área você pretende atuar. Esse é o ponto de partida para que você consiga otimizar variadas etapas de abertura do seu negócio, uma delas é um planejamento.

    Ou seja, você precisa fazer uma pesquisa de mercado, avaliar os seus requisitos e até mesmo como os seus concorrentes se desenvolvem.

    Também evite atuar em um segmento que você não gosta ou não tem muito conhecimento, isso realmente pode ser algo bastante prejudicial.

    3. Planeje-se

    Esse é um pilar para que você consiga atuar de maneira efetiva no seu escritório.  

    Fazer um planejamento de cada decisão que deseja tomar, analisando pontos fortes e fracos que podem ampliar ou arruinar o seu negócio, ajudará seu escritório a ser mais longevo.

    Ressaltando que isso deve ser feito a pequeno, médio e longo prazo.

    Lembrando que a área de advocacia é bastante competitiva. 

    Considerando isso, procure maneiras de se destacar em seus concorrentes, consolidando parcerias.

    O universo do direito e do mercado em si, está em constante evolução. Dessa forma, uma medida que não é vantajosa hoje poderá ser amanhã.  Pense nisso!

    4. As Finanças é um ponto-chave para a regularização de um escritório

    O fato é, se seu escritório de advocacia não for administrado corretamente desde a etapa de regular regularização,  você terá sérios prejuízos.

    Dessa forma, não deixe de contar com o auxílio de profissionais experientes nessa área. 

    É importante lembrar que as finanças são que decidem se seu negócio fica aberto ou fechado. Não vai deixar essa etapa ficar em branco, não é mesmo?

    Procure que realmente entenda do assunto!

    Agora que você já  sabe tudo o que é necessário para fazer a regularização de seu escritório de advocacia. 

    Certamente você já sabe que um bom serviço de contabilidade será o diferencial do seu escritório, certo?

    Nós, da Fiscon & Prosper, temos os melhores profissionais para da a você o apoio necessário para que sua carreira seja promissora. 

    Contamos com um conhecimento técnico de excelência, que te ajudará a organizar sua empresa da melhor maneira possível.

    Entre em contato conosco!

    ENTRAR EM CONTATO!

    Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Fiscon & Prosper Associados.

    Contamos com uma vasta experiência no mercado, sempre prezando pela excelência na prestação de seus serviços e conquistando a satisfação e a confiança dos clientes.

    Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

    Classifique nosso post post
    0 0 votes
    Article Rating

    Compartilhe nas redes!

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários

      Subscribe
      Notify of
      guest
      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments
      Recomendado só para você!
      Segundo Jorge Bahia, com a variante ômicron, a retomada das…