Fale Conosco

Deixe sua Mensagem

Como captar clientes na advocacia sem ferir o Código de Ética da OAB!

Saber como captar clientes na advocacia é o primeiro passo para crescer nesse ramo de atuação tão importante para a sociedade, mas que é cercado de restrições.

Como Captar Clientes Na Advocacia Sem Ferir O Codigo De Etica Da Oab Post - Fiscon & Prosper Associados - Como captar clientes na advocacia sem ferir o Código de Ética da OAB!

Para que você entenda como captar clientes na advocacia, sem ferir as normas e determinações da Ordem de Advogados do Brasil, é preciso, primeiramente compreender a relação entre publicidade e advocacia, uma vez que, como advogado, você não pode comercializar a sua profissão de maneira alguma. Confira.

Como captar clientes na advocacia – Entenda a relação entre publicidade e o direito

A publicidade, segundo a própria definição é:

Arte, ciência e técnica de tornar (algo ou alguém) conhecido nos seus melhores aspectos, para obter aceitação do público.

Sendo assim, quando falamos da publicidade na advocacia, nos referimos a apresentar os aspectos de interesse do seu público-alvo, porém, de maneira ética, ou seja, sem apelar para a comercialização ou competitividade como forma de promoção.

Afinal, além de ser uma forma baixa de se promover, – tentar desqualificar outro profissional ou escritório contábil, ou então vender seus serviços como produtos, – tais ações só agridem toda a sobriedade de uma área tão importante para toda a sociedade.

As principais restrições do Código de Ética da OAB e como superá-las

Então, se você está interessado em manter a regularidade da sua profissão, mas sabendo como captar clientes na advocacia de maneira efetiva, conheça as principais restrições da OAB e como superá-las, com alternativas legais e que se conectam com o seu público-alvo com muito mais eficiência.

Publicidade em rádio, cinema ou TV

É restrita a veiculação de conteúdo em áudio, vídeo ou impresso que tenha como objetivo a promoção de profissional liberal de advocacia ou escritório jurídico de maneira abrangente – para público aberto. Contudo, como contramedida, é possível que você crie um site segmentado em seu nicho, e que não seja apelativo à venda.

O foco do seu site, ou plataforma de conteúdo, como o LinkedIn, por exemplo, deve ser fornecer informações valiosas para os seus clientes, referente a sua área de atuação. Não que isso signifique prestar uma consultoria gratuita ou algo do tipo, mas auxiliar os seus possíveis clientes em um momento de dúvida, para que posteriormente possam vir a contratar as suas soluções.

Anúncios em outdoors, painéis, veículos, elevadores e espaços públicos

Como dito anteriormente, não é possível a veiculação de conteúdo de promoção para público aberto, mas você pode divulgar seus serviços em eventos da área ou relacionados, como workshops, palestras, entre outros.

Oferta casada das atividades de advocacia com serviços de outra natureza

Como advogado, você deve focar em oferecer as SUAS soluções, ou seja, nada mais que isso!

Então, de forma alguma, tente oferecer junto com os serviços da sua especialidade, o exercícios de outra atividade que não seja a sua.

Tal ação vai contra o Código de Ética da OAB. Porém, ao mesmo tempo, essa determinação te condiciona à sua especialização como uma autoridade em sua área de atuação. Portanto, comunicando essa especialidade de maneira correta, com um conteúdo atraente, você saberá como captar clientes na advocacia.

Compartilhe nas redes!

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Recomendado só para você!
O primeiro passo de como abrir uma construtora é se…